Dia 162: Vida Social x Vida Saudável

(e contagem regressiva é mais motivador)

Vida Social x Vida Saudável. Adoro sair, adoro ver meus amigos, adoro fazer festa, adoro comer fora, adoro buteco, adoro adoro adoro. Mas em todo médico que eu ia, escutava: não pode beber, não pode comer fritura, não pode não pode não pode. Mas se minha vida se resumir a comer grama e ir para academia, com certeza eu serei muito infeliz, e aí não há dieta que aguente. Comofas?

Ontem foi a minha primeira experiência tentando achar um meio termo. Era despedida de um amigo que vai morar em São Paulo, não tinha como faltar. O que fazer?

Troquei minha janta por um picolé e 3 copos de cerveja. NADA SAUDÁVEL, eu sei. Resisti bravamente a brusquettas, pizzas e outros petiscos de bar que o pessoal bonito estava comendo. Porém, o problema começou quando eu cheguei em casa.

Eu fiquei com muita fome. Muita fome. Fome o suficiente pra se transformar em enjôo e eu passar mal. Pensei em comer algo, mas a única coisa que eu tinha em casa era um toblerone! #NOT

Conclusão: dormi com muita fome, acordei com muita fome e fiz um café da manhã com mais sustância. Valeu a pena? Sinceramente, eu acho que sim. Consegui passar um tempo agradável com pessoas que eu não vejo sempre e gosto muito, e isso pra mim é importante. Mas ainda preciso pensar numa maneira de me divertir sem passar mal depois.

Notas mentais: continuar em busca de um meio termo e ter sempre alguma coisa saudável para comer em casa, como frutas.

Hoje começo a academia. Vamos ver como vai ser.

Hoje me alimentei de:

Café-da-manhã:
– pão francês com queijo + margarina + presunto
– suco de laranja natural (feito na hora, sem açúcar)

Almoço:
– saladas (tomate, cenoura, tabule)
– arroz integral
– bife acebolado (bifes pequenos)
–  ovo frito

Lanche da tarde:
– 2 picolé classic

Janta:
– peças variadas de sushi – todas de salmão, e nada frito. Pelas minhas contas, deu umas 450 kcal
– 2 latas de coca-cola zero

+ Academia – Boxe. Quase morri, mas tudo bem. :D

Anúncios

Sobre Melina

Publicitária gaúcha que veio tentar a vida em São Paulo. tchê! Tudo pra ela é interessante, e isso as vezes é um problema. Enquanto tenta se adaptar na capital paulista, não deixa de ler, ver séries e sair com os amigos que tem por aqui. Sente falta dos gatos que deixou no sul.
Esse post foi publicado em Escolhas, Sobre mim e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s